Agricultura 11 meses atrás

Representantes da SMAPA visitam cooperativa em Imbituva em busca de parcerias e inovação para agricultores de PG


por webmaster em 5 de junho de 2021

Representantes da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Prefeitura de Ponta Grossa (SMAPA) visitaram nesta semana em Imbituva, uma filial da Cooperativa de Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar de Ivaí (Coodesafi). O intuito da visita foi conhecer os conceitos importantes da agricultura familiar, que são aplicados na cooperativa, para adaptar à realidade local e fomentar o associativismo e o cooperativismo em PG.

Na ocasião, a SMAPA mostrou interesse em estabelecer uma parceria com a Coodesafi, para proporcionar a facilitação da comercialização, troca de produtos e de experiências entre a cooperativa e novas iniciativas de associativismo que vierem a surgir em Ponta Grossa. De acordo com o secretário Bruno Costa, já há agricultores da cidade dispostos a implantar uma cooperativa de agricultura familiar na cidade. Nesse sentido, a secretaria vem abordando o tema com os produtores desde março e apoiando o projeto.

“A equipe da SMAPA tem constantemente falado aos produtores sobre a importância e a urgência da criação de uma cooperativa voltada à hortifruticultura e à olericultura. Levamos em conta principalmente as modernidades que o campo precisa. Pensando na associação familiar, é necessário que o modelo de negócio seja escalável, com grande produção e qualidade de entrega.  Uma cooperativa ou qualquer ramo do associativismo faz com que a força de negociação dos produtores seja maior perante os grandes mercados. A nossa intenção é também que os produtores saiam da informalidade e sejam empreendedores”, ressalta Bruno.

Um dos modelos de operação implantados na Coodesafi, que chama a atenção da SMAPA, é o packing house, que permite que os produtos sejam minimamente processados e embalados. O produtor rural, Danilo Ribeiro, também visitou a cooperativa junto com os representantes da secretaria. Danilo, que também é mestre em Agricultura, estuda a viabilidade de implantar uma cooperativa com os princípios semelhantes em Ponta Grossa.

“A visita foi proveitosa, pois pudemos conhecer o modelo de cooperativismo que ainda não existe em Ponta Grossa. Percebemos o quanto a união entre os produtos é essencial para a implantação de uma cooperativa. Então, o intuito agora é dialogar ainda mais com os outros membros da agricultura familiar da cidade para colocar a ideia em prática. Acredito que uma iniciativa parecida com a de Ivaí agregará valor na produção de cada cooperado”, diz Danilo.

A Coodesafi existe desde 2010. Atualmente, a cooperativa beneficia cerca de 140 produtores dos municípios de Imbituva, Ivaí, Prudentópolis, Guamiranga e Cândido de Abreu. Com a iniciativa, foi possível criar uma marca própria para os aproximadamente 60 produtos que são processados e vendidos na cooperativa, a “Nossa Terra”. A presidente da Coodesafi, Cláudia dos Santos, também avalia como positiva uma possível parceria futura com a Prefeitura de Ponta Grossa.

“Nós da cooperativa forneceremos apoio técnico para orientar os produtores e acreditamos que o laço criado poderá abrir mercados para os nossos cooperados em Ponta Grossa, pois poderemos trocar produtos e fortalecer um ao outro, além de aumentar a visibilidade da cooperativa e das iniciativas de Ponta Grossa em mais cidades também”, sustenta Cláudia.


photo_camera Galeria de fotos:


language Notícias relacionadas:


Secured By miniOrange